VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER TRANSGÊNERA E A MULHER TRAVESTI

  • Tereza Cristina Zabala

Resumo

A violência contra a mulher se realiza pelos meios físico, psicológico, sexual, moral e financeiro e pode ocorre dentro e fora do ambiente familiar. Justamente dentro do espaço da composição da família, estrutura que deveria ser construída pelos laços de afeto, da mútua contribuição, solidariedade e amor, muitas mulheres sofrem abuso e agressão. A violência ocorrida no meio familiar contra a mulher em razão de seu gênero configura uma violência doméstica. A mulher transgênera e a mulher travesti não fogem dessa realidade e igualmente sofrem essa forma de violência. Indagam-se e busca-se apontar, neste artigo, alguns pressupostos, aquilo que vem antes da perpetração da violência doméstica contra a mulher não cisgênera, a transgênera e a travesti.

Publicado
2020-12-09
Seção
Artigos