A IMPORTÂNCIA DO TEATRO EM SALA DE AULA

Autores

  • Rebecca Tavares Nishimura Abreu
  • Daniella Domingues Alvarenga Marques

Palavras-chave:

Artes, Teatro, Ressignificar, Escola, Prática pedagógica

Resumo

O teatro consiste em uma das linguagens da arte que constitui a própria história do homem e da comunicação humana, viabiliza possibilidades de vivência e de ressignificação dos sentimentos e situações concretas, fantasiadas ou imaginadas pelo ator, assim é possível verificar a importância e a qualidade desta linguagem artística que pode ser utilizada no processo de ensino aprendizagem como meio para desenvolver seu o senso crítico e autoconsciência do educando. Embora o teatro configure um importante instrumento pedagógico denota-se que é pouco utilizado no espaço escolar, pois exige formação docente na área, inclusive o despreparo referente a metodologia é um reflexo da ausência de formações continuadas ofertadas pelo Estado. Este estudo objetiva explanar acerca dos benefícios, bem como, sobre a importância do teatro, como prática pedagógica em sala de aula. Compreende-se que o teatro contribui para o desenvolvimento da imaginação, criatividade, criticidade e autonomia, além de auxiliar na resolução de situações-problema com base na vivência e na ressignificação. Dessa forma, entende-se que o teatro representa uma ferramenta essencial que deve ser estudada e praticada no espaço escolar na atuação docente. 

Referências

BELINKY, Tatiana; GOUVEIA, Julio. Teatro para crianças e adolescentes. A experiência do TESP. In: Zilberman, Regina. A Produção Cultural para a Criança. Edição nº 04. Porto Alegre: Editora Mercado Aberto, 1990.

BOAL, Augusto. O arco-íris do desejo: o método Boal de teatro e terapia. Edição nº 01, Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1996, p. 27.

BRANDÃO, Tânia. Ora Direis Ouvir Estrelas: historiografia e história do teatro brasileiro. Revista Sala Preta, vol. 01, set. de 2001, pp. 199-217.

COELHO, Paulo. O teatro na educação. Edição nº 01. Rio de Janeiro: Editora Forense-Universitária, 1978.

DOLCI, Luciana Netto. O Exercício do Teatro como um Recurso Pedagógico. In: III Congresso Internacional De Educação: Educação na América Latina nestes tempos de Império, ANAIS, nº 13, São Leopoldo: Editora Unisinos, 03 a 05 de setembro de 2003.

DUTRA, Dilza Délia. O Teatro na Escola. Edição nº 02, Florianópolis: Editora Edições da Nação, 1973.

MAGALDI, Sábado. Iniciação ao teatro. Edição nº 03. São Paulo: Editora Ática, 1986, P. 08.

MIRANDA, Juliana Lourenço; ELIAS, Robson Cândido; FARIA, Rômulo Mendes; SILVA, Valquíria Lazara da; FELÍCIO, Wanély Aires de Sousa. Teatro e a Escola: funções, importâncias e práticas. Revista CEPPG. Edição nº 20, vol. 01, ano XI, 1º semestre de 2009, pp. 172-181.

NAZARETH, Carlos Augusto. O texto teatral na formação do leitor e o texto teatral como formador de plateia. Revista Vertente Cultural Teatro Infantil, julho de 2008 [online]. Disponível em: < http://vertenteculturalteatroinfantil.blogspot.com/ > Acesso em: 08 de novembro de 2020.

REVERBEL, Olga Garcia. O Teatro na Sala de Aula. Edição nº 02, Rio de Janeiro: Editora J. Olympio, 1979, p. 155.

_______. Um Caminho do Teatro na Escola. Edição nº 02, São Paulo: Editora Scipione, 1997.

SALDANHA, Suzana. Teatro na educação. Em Cena Brasil, São Paulo, jun. 2000. Seção Artigos. Disponível em: <http://www.encena.com.br/artigo02.html > Acesso em: 13 de novembro de 2020.

SPRITZER, Mirna. A formação do ator: um diálogo de ações. Edição nº 01. Porto Alegre: Editora Mediação, 2003.

Downloads

Publicado

2021-07-19

Edição

Seção

Artigos